domingo, 25 de maio de 2008

Berliner Straßen




Apesar da indústria de entregas em bicicleta ser relativamente grande aqui em Berlim, a maioria dos Couriers não utlizam fixas. A "moda" aqui ainda não pegou como pegou em Londres e NYC e os únicos lugares onde se pode encontrar algumas fixas pelas ruas são nos bairros Mitte, Prenzlauerberg e Kreuzberg (onde fica a incrível loja Keirin Berlin).

8 comentários:

Tárique disse...

Tenho a ideia que na Alemanha é obrigatório por lei ter 2 pares de freios na bicicleta.

Gabriel Nogueira disse...

Então nossa heroína da foto esta "a cima da lei"...Ela tem 3 freios na bicicleta (o pinhão fixo conta como um freio).
Eu creio que na maioria dos lugares é obrigatório, de acordo com o código de trânsito, ter dois freios independentes. Isso explica o fato de a maioria das fixas terem um freio na frente apenas...

Tárique disse...

As bicicletas em que se trava pedalando para trás contam como roda fixa?

Gabriel Nogueira disse...

Na verdade não.
As "bicicletas em que se trava pedalando para trás" também conhecidas como "freio torpedo" ou "freio contra-pedal" no Brasil, não tem nada que ver com as fixas.
Isso esta bem explicado neste link: http://rodafixa.blogspot.com/2007/06/o-que-roda-fixa-basicamente-o-contrrio.html

PEDALANTE disse...

Olá Gabriel,

Estou aqui em São Paulo, em vias de começar a montagem da Roda Fixa. Uma Caloi 10, 1980 ( acredito eu.) Espero , conseguir tal intento, antes da bicicletada de CTB do mês de junho.
Alguma dica além daquelas já aqui postadas?

Gabriel Nogueira disse...

Bicho, fora as dicas que estão aqui, aconselho a não cometer o erro que cometi montando minha primeira fixa: gastar pouco dinheiro!
É meu, depois que se pedala uma fixa é difícil voltar atrás (seja lá qual era seu meio de transporte antes da fixa).
Resumindo, converter uma 10 marchas dos anos 70 é um ótimo começo, mas o ideal é ter uma pisteira de verdade e sentir um pouquinho do que os sprinters do Keirin sentem ao pedalar...
Com uma fixa, os seus músculos vão se desenvolver rapidamente junto com sua potência, o que significa mais pressão na magrela. Fixas são pura força e potência e economizar grana com componentes de quinta categoria (i.e. made in china e de alumínio) hoje é gastar mais amanhã comprando componentes "de verdade" (i.e. made in italy e de cromob década de 60 e 70 - campagnolo, cinelli e cia...).
Enfim, se puder ($$$) va direto pra uma pisteira e se for converter uma caloi 10 não economize nos componentes da tração (um bom cubo trseiro + movimento central + pédivela + pedais + corrente)isso faz toda a diferença...

Rafael Varandas disse...

cara, postei um comentário mas não percebi que tinha sido num post antigo...
ando de fixie aqui em sp, tinha feito uma com um frame de road bike antigo mas agora (mais precisamente hoje) montei uma com frame IRO mark -V... tenho um blog que posto frequentemente sobre fixies.... da uma checada
terrorskimclub.blogspot.com

valeu!

rafael

Gabriel Nogueira disse...

Bacana o blog, bicho!
Um carro a menos sempre!