sexta-feira, 26 de março de 2010

Fixas e a moda...


Dia desses alguém ai tava discutindo sobre as fixas tarem ou não na moda...

Bom, no Brasil, com certeza não, mas a partir do momento em que nos EU ou A se pode comprar uma "fixed-speed" no Walmart, acho que não tem muito o que discutir, não é?

Bom, no fim aconteceu o que tantos queriam...Por que vender bicicletas de montanha com suspensão e um monte de marchas pras pessoas que querem apenas ir de casa pro trabalho de bicicleta? Uma "fixed-speed" é uma opção bem melhor, não acham?

3 comentários:

Gunnar disse...

Mas pelo que vejo no anúncio, não é fixa.

De qualquer forma, comprar bicicleta no mercado nunca é uma boa opção.

Luiz disse...

Outro dia andando de fixa na ciclovia domingueira de São Paulo (acontece todos os domingos das 7hs ás 14hs - percurso de 10 kms, ligando três parques: das Bicicletas, Ibirapuera e do Povo), estimei que 95% das bikes encontradas na ciclovia são MTB, o restante divide-se entre as de speed e singlespeeds (Caloi Ceci e similares, bicicletas de crianças etc.). A minha era a única fixa.

É curioso, que nesse trajeto de 10 kms, tem um trecho de +/- 70 metros que requer o uso de marcha de MTB ou speed. Esse trecho é uma rampa no final da Av. Helio Pelegrino até a Av. Republica do Libano. Eu subo ela no embalo e pedalando em pé uma relação 44 x 18. Ou seja, não é necessário marcha nenhuma.

No aniversario da cidade - 25 de janeiro, promoveu-se um bike tour, e os participantes que pagaram R$ 180,00 - receberam uma bike MTB, um capacete, e um tipo de camelback; e isso foi possivel por causa dos patrocinadores para estimular o uso da bicicleta. O trajeto desse bike tour também não requeria o uso de marcha. Seria melhor terem oferecido uma bike com cubo flip/flop e 90% dos participanters estariam bem servidos.

Se amoda de fixa/singlespeed pega, vai ter muita bicicletaria fechando. O gasto com a manutençao de uma fixa é muito menor do que uma MTB, sem falar nos acessórios.

jairocenturião disse...

Bom comentário Luiz. Aqui em João Pessoa-PB a moda é andar na praia de bike e em sua maioria MTB, ai tem neguinho pagando 5 a 10 mil só pra sair bonito na foto. Más se a moda for andar com o cano do selim inficado no cú, a moda também pega, porque oh gente burra e sem cultura.
Já roda fixa é uma cultura e não é todo mundo que curte. Até aqui só conheço eu que uso uma fixa.
Abraço.